Projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa de Rondônia pune com multa quem passar trote telefônico para os serviços de urgência da Policia Militar, Corpo de Bombeiros e do Samu. O valor é de mil reais, podendo ser duplicado se a origem da ligação for de uma residência.