ACRE: Incêndio em apartamento pode ter sido criminoso, diz Polícia Militar

Populares afirmaram ter visto homem saindo correndo do local. Incêndio na Rua Beira Rio, bairro Cidade Nova, destruiu móveis do local.

O incêndio em um apartamento na manhã deste domingo (12), na Rua Beira Rio, bairro Cidade Nova, em Rio Branco, pode ter sido criminoso. A informação foi repassada por populares à Polícia Militar (PM-AC) e o Corpo de Bombeiros do Acre (CBMAC). As chamas destruíram todos os móveis do local e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conduziu um casal, de 20 e 24 anos, para o Pronto-Socorro.

Policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM) estiveram no local e deram suporte aos bombeiros. Entre os feridos está uma mulher grávida. Ninguém foi preso.

O 3º sargento da PM-AC Ruberval Siqueira disse que uma moradora informou ter visto um rapaz saindo do apartamento das vítimas correndo. O sargento comentou ainda que não foi possível confirmar a informação com as vítimas, pois elas estavam bastante abaladas

“O cidadão que estava no apartamento estava queimado, não conseguimos falar com ele porque estava muito nervoso, quase em estado de choque. Conversamos com a companheira dele, que estava com menos queimaduras. Ela informou o nome deles, mas não quis dizer se tinham tocado fogo nela. O caso ainda vai ser investigado”, acrescentou.

Ainda segundo o PM, o rapaz ficou com várias queimaduras pelo corpo. Já a mulher, que aparenta estar com 3 a 4 meses de gestação, ficou com algumas queimaduras nos pés.

“Uma vizinha, não quis passar o nome, disse que viu um rapaz correndo e adentrou em uma residência. Fomos até a residência e o jovem que mora lá informou que ele [suspeito] entrou correndo no quintal, mas pulou o muro de uma igreja e saiu”, finalizou.