Um advogado escreveu uma publicação nas redes sociais explicando o motivo para recusar defender um pai que pedia guarda compartilhada do filho por “vingança” e acabou viralizando nesta semana. Em seu perfil no Facebook, Rafael Gonçalves mostrou prints da conversa que teve com um homem pelo WhatsApp, interessado em mover a ação.

No diálogo, o homem diz que a ex-mulher gasta o dinheiro da pensão com “macho” e que por isso quer guarda da criança. No entanto, ele alega ser caminhoneiro e que a mãe dele seria responsável pelos cuidados no filho.

“Então minha ex tá usando dinheiro de pensão com homem e eu prefiro eu mesmo gastar do que pagar a pensão, por isso quero compartilhar (a guarda)”, diz o homem, O advogado afirma que evita defender pais neste caso pois, na maioria dos casos, eles tentam “torturar psicologicamente” as ex-mulheres. “Se os pais acham que merreca que dão está sendo gasto de forma errada, basta pedir prestação de contas. Mas passarão vergonha na maioria das vezes”, escreveu Gonçalves. “Seja menos lixo e se importe com seu filho”, disse o advogado ao cliente.

O post com a história teve 95 mil likes e 48 mil compartilhamentos até a manhã desta quinta-feira (28).