AMAPÁ: Chuva alaga ruas e atrapalha trânsito; previsão é de mais água até o dia 31

Chuva intensa deixou ruas alagadas em Macapá, nesta sexta-feira (24). Previsão diz que junção de fenômenos contribui para intensidade de chuvas.

A forte chuva que caiu na manhã desta sexta-feira (24) em Macapá provocou alagamentos em ruas e a água invadiu casas e comércios. O trânsito ficou lento nos bairros Santa Rita, Centro, Laguinho, Muca e Buritizal. Além de vias inundadas, muitos semáforos deixaram de funcionar.

De acordo com a Defesa Civil, nenhum caso foi considerado grave, tendo havido somente registros de danos a bens materiais.

Na Rua Timbiras, no bairro Muca, Zona Sul da cidade, motoristas se arriscaram ao passar em um trecho tomado pela água. Outros preferiram mudar o caminho, ao ver a dificuldade de tráfego no local. Em situação semelhante, ficaram as vias: Rua 1º de Maio, no bairro Buritizal, Salgado com a Rua Santa Catarina, Rua Hidelmar Mia, no bairro Santa Rita, Ana Nery, General Osório e Marcílio Dias, no bairro Laguinho, entre outras.

Previsão de chuva
Segundo o Núcleo de Hidrometeorologia do Amapá (NHMET), do Instituto de Pesquisas do Amapá (Iepa), os municípios do Amapá devem permanecer com tempo chuvoso até o fim de março. As fortes chuvas devem seguir diariamente até a próxima sexta-feira (31) e a previsão é de que continuem durante os meses de abril e maio, em dias alternados.

De acordo com o estudo, diversos fenômenos combinados, como La Niña, frentes frias do Sul do Brasil e instabilidade, contribuem para a intensidade das chuvas, que atingem em média de 30 a 50 milímetros. O índice é considerado acima da média, informou o meteorologista Jefferson Vilhena.

“Vários fenômenos estão atuando ao mesmo tempo na região e isso contribui para esta intensidade de chuvas na nossa região. Desde o início da semana as chuvas iniciam na madrugada e seguem por todo o dia. Pelo menos até o fim do mês teremos chuvas intensas e devem seguir nos próximos dois meses”, reforçou.

A intensidade de chuvas deve ultrapassar 50 milímetros no sábado (25) e domingo (26) na capital e demais municípios. A média de temperaturas registrada será entre 23ºC a 29ºC. O aumento da nebulosidade estava previsto desde novembro, segundo o Iepa.

“Está acima da média, mas esta junção de fenômenos e aumento da nebulosidade já era prevista desde novembro e agora está se confirmando. A massa de ar frio que chega ao Sul do país contribui para o aumento da umidade no Norte, até o mês de maio”, enfatizou.