AMAZONAS: Grupo que aliciava adolescentes para fazer sexo com empresários é preso em Manaus

A polícia apresentou na manhã desta quarta-feira (14), quatro pessoas suspeitas de envolvimento no assassinato do empresário José Ronan de Paiva, ocorrido no bairro Nova Esperança, Zona Oeste da cidade, no último dia 19 de abril. Leonardo Marinho Araújo, 22, Nicolas dos Santos de Lima, 20 e Jeferson Marques da Silva, 18, foram presos nesta terça-feira (13) e uma menor de 17 anos apreendida.

De acordo com o delegado Adriano Félix, todos integravam um grupo especializado em aliciar adolescentes para realizarem programas com empresários da capital. Em depoimento, eles contaram que no dia do crime, a adolescente estava com José no carro dele, quando os suspeitos resolveram assaltá-lo. Jefferson teria entrado pela porta do passageiro e anunciado o assalto, mas Leonardo acabou disparando contra a vítima que morreu na hora.

Após o crime, o trio fugiu levando os pertences de Ronan. O corpo foi encontrado horas depois por moradores do bairro. Os acusados foram autuados por latrocínio e encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), já a menor foi encaminhada a Delegacia Especializada em Atos Infracionais (Deaai).