AMAZONAS: Traficantes de droga são acusados de torturar e matar caseiro na Zona Norte de Manaus

O caseiro estava todo amarrado e com marcas de muita tortura pelo corpo

O violento assassinato do caseiro Mário Evaldo Gomes de Souza, 32, pode ter sido a mando de traficantes de drogas da área onde ele residia e que teriam sido denunciados por ele à policia, temendo que seus irmãos ainda adolescentes fossem aliciados e viciados por esses comerciantes de entorpecentes.

Uma investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está em andamento e, até onde se sabe, já existem nomes de traficantes suspeitos de ter sentenciado o caseiro à mote por causa de suas denúncias, que teriam inclusive gerado algumas prisões.

O caseiro foi encontrado morto na tarde desta terça-feira, no local conhecido como Ramal do Acará, que fica no bairro da Lagoa Azul, Zona Norte de Manaus, em uma área de floresta.

Ele foi torturado e estrangulado, e quando foi encontrado por moradores da área estava com o corpo todo amarrado e enterrado em uma cova rasa.

De acordo com informações preliminares, Mário Evaldo foi arrastado de dentro de sua casa no sítio onde morava no Ramal do Acará, na última segunda-feira de madrugada, e levado para o local da tortura e assassinato.

Fotografias divulgadas nesta quarta-feira de manhã mostram bem o local do crime e as barbaridades que Mário Evaldo sofreu.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!