Ariquemes: após todas as exigências serem aceitas, rebelião encerrará

presosRebelados desde o sábado à tarde, os presidiários de Ariquemes decidiram acabar com o motim nesta segunda-feira. Praticamente todas as reivindicações foram aceitas. Uma delas inclui a saída imediata do atual diretor, que acabou gerando muita revolta nos detentos por ser “linha dura”.

O acordo de rendição foi feito com participação da OAB e SEJUS. Os amotinados chegaram a exigir a presença do governador Confúcio Moura e gravaram um vídeo agredindo refém.

Foi realizado um documento de acordo, assinado pelo representante dos Direitos Humanos, OAB, comandante da PMRO e direção do sistema penitenciário. O diretor do presídio já foi afastado.

Os presos só aceitaram acabar a rebelião nesta segunda-feira, dia 22, com medo de sofrer represálias durante a noite deste domingo.

RONDONIAGORA