ARMA NA CABEÇA: Motorista de aplicativo é feita refém dentro de carro por bandidos que iam matar rival
FOTO: (Divulgação)

Após participar de um roubo a uma motorista de aplicativo na noite de segunda-feira (20), Wallison L. O., 18, foi preso com um revólver calibre 38, no bairro Monte Sinai, na zona Sul de Porto Velho (RO). A vítima de 42 anos disse que estava em casa quando recebeu uma ligação de uma mulher a chamando pelo nome. Como imaginou que fosse cliente ela aceitou fazer a corrida e foi até a Rua Centro Oeste, no bairro Castanheira.

No local, uma mulher entrou no banco da frente e dois homens no de trás. Depois de um certo tempo, a mulher pediu para vítima parar o carro e os comparsas dela com um revólver anunciaram o assalto.

A vítima disse que quando os bandidos entraram no carro já havia percebido que poderia ser assaltada e deixou um aplicativo ligado. Tudo que ela falava os amigos dela de profissão iam ouvindo e acionaram a PM.

A vítima foi obrigada a ir para o banco de trás do carro e o criminoso Wallison apontava a arma para a cabeça dela afirmando para ficar quieta que iam cumprir uma missão e depois liberar ela.

O bandido a todo tempo conversava ao telefone com outra pessoa perguntando o local onde deveriam ir, mas depois teria dito: “Melou, melou”. Nisso, eles abandonaram a vítima com o carro na Rua Genebra, bairro Monte Sinai. Como a polícia já havia sido acionada, a vítima foi localizada e em seguida nas buscas Wallison foi preso ainda nas proximidades e o revólver usado no crime jogado ao lado dele.

Para a polícia, ele disse que ia utilizar o veículo somente para ir matar um desafeto conhecido como “Tijolinho” do bairro Nacional. Os outros dois envolvidos no crime não foram encontrados e fugiram com o celular e dinheiro da vítima. Vários motoristas de aplicativo se reuniram na frente da Central de Flagrantes e revoltados ameaçavam fazer Justiça com as próprias mãos, sendo necessário reforço policial no local.

ARMA NA CABEÇA: Motorista de aplicativo é feita refém dentro de carro por bandidos que iam matar rival

 

FONTE: RONDONIAOVIVO