A Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf) reuniu-se nesta terça-feira, 30, com as Coordenações Municipais da Saúde e daEducação para tratar sobre o Programa Bolsa Família. No encontro foram discutidos assuntos relacionados às estratégias de acompanhamento das condicionalidades para o público prioritário do programa social do Governo Federal, capacitação técnica e as ações para o ano de 2019, informou a diretora do DPSB, Adriane Soares.

Condicionalidades do Bolsa Família

As chamadas condicionalidades do Bolsa Família são compromissos assumidos entre o poder público e as famílias beneficiárias do programa. Se, por um lado, as famílias têm que cumprir requisitos nas áreas de Saúde e Educação para receberem o benefício, por outro as condicionalidades também responsabilizam o poder público para a oferta dos serviços.

Dessa forma, os beneficiários precisam ficar atentos às condições estabelecidas, principalmente nas áreas de Saúde e Educação. “Além da frequência escolar de 85% para crianças e jovens de 6 a 15 anos, é preciso manter a vacinação em dia, fazer o acompanhamento nutricional das crianças menores de 7 anos e o pré-natal nas gestantes”, avisa a diretora do DPSB da Semasf, Adriane Soares.

Fonte: Comdecom