O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, comentou nesta manhã (14), via Twitter, a ordem de prisão emitida pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), contra o italiano Cesare Battisti.

“Obrigado pela consideração de sempre, Senhor Ministro do Interior da Itália. Que tudo seja normalizado brevemente no caso deste terrorista assassino defendido pelos companheiros de ideais brasileiros! Conte conosco!”, escreveu Bolsonaro, arriscando-se no italiano, nas redes sociais.

A referência ao ministro e vice-premier da Itália, Matteo Salvini, veio após o político pedir, mais uma vez, ajuda de Bolsonaro para extraditar Barristi.

“Uma prisão perpétua cumprida curtindo a vida, nas praias do Brasil, diante das vítimas, me deixa irritado! Darei grande mérito ao presidente Jair Bolsonaro se ajudar a Itália a fazer justiça, ‘presenteando’ Battisti com um futuro na prisão da pátria”, disse Salvini, também no Twitter.

Bolsonaro já anunciou em várias ocasiões que gostaria de extraditar Battisti como um “presente” para a Itália. (ANSA)

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil