Um cachorrinho morreu após ser abandonado durante um mês no aeroporto da cidade de Bucaramanga, na Colômbia.  Com o coração partido, o animal não aguentou a solidão e tristeza de viver sem o dono, parou de comer e acabou falecendo mesmo após ser acolhido por trabalhadores do aeroporto.

Pessoas que trabalhavam no local e até mesmo as que estavam de passagem tentaram salvar o animal, que aos poucos foi parando de se alimentar e vivia constantemente triste. O animal foi apelidado de Nube Viajera, que significa nuvem viajante, enquanto esperavam que o dono fosse reaparecer.

Colombian Animal Protection Foundation / Divulgação

“A hipótese que temos é que um viajante abandonou. Aparentemente, durante o primeiro mês que o cão estava no aeroporto, vagava passando pelos corredores à procura de alguém, possivelmente o dono. Esse estado de espera deteriorou sua saúde, ao ponto do animal não aceitar mais comida”, explicou Alejandro Sotomonte Nino, veterinário da Fundação Colombiana de Proteção Animal, ao jornal britânico Metro.