FOTO: Divulgação
O dono de um bar sofreu uma tentativa de homicídio na madrugada da sexta-feira, 06, ao tentar separar a briga de um casal, que começou em seu estabelecimento, no bairro Assossete, em Vilhena. A Polícia Militar foi acionada e o suspeito levado para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

A ocorrência relata que os policiais foram ao local onde o crime aconteceu após receber a denúncia de que lá havia uma suposta rixa. Porém, ao chegar, e em contato com uma testemunha, souberam que a confusão começou por uma briga de casal.

Uma mulher de 25 anos estava no bar com seu esposo, quando passaram a discutir e ela deu um tapa no rosto do homem, que tem 26 anos. Diante disso, ele pegou o celular da esposa e jogou longe, dizendo que a mataria.

Temendo que um crime acontecesse ali, o dono do bar tentou impedir que a moça fosse espancada, ou até mesmo morta. Ao intervir na briga, ele foi atacado pelo conduzido, que com um canivete em mãos tentou degolar o proprietário do local. Porém, o suspeito foi atingido na cabeça pela esposa do comerciante, com um golpe de barra de ferro.

O comerciante foi levado ao Hospital Regional de Vilhena por uma unidade do Corpo de Bombeiros para atendimento médico. O autor da tentativa de homicídio também foi encaminhado ao pronto-socorro, mas logo após a polícia o levou para a Unisp, para as providências cabíveis.

FONTE: FOLHA DO SUL