Crianção de peixe e camarão: Injeção de tecnologia

Enquanto a piscicultura em nível nacional vem crescendo em Progressão Aritmética (PA), no estado de Rondônia esta atividade tem crescido em Progressão Geométrica (PG), cumprindo fielmente os prognósticos e projeções sobre o potencial aquícola regional.

Para o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Rondônia – CREA-RO, engenheiro Nélio Alencar “este evento Curso Técnico: BOAS PRÁTICAS NO CULTIVO DE PEIXE E CAMARÃO COM USO DE PROBIÓTICOS, tem como objetivo a revitalização da piscicultura em termos tecnológicos e, consequente, aumento da produção e melhoria da qualidade da água e do pescado produzido no estado de Rondônia e região.

Para tanto, este evento programado para ser realizado no período de 19 a 24 de setembro de 2016, no horário de 19h:30 às 22h:30 min, no Auditório da CEPLAC-GERO, em Porto Velho – RO, se reveste de uma importância vital para aqueles que sonham em aproveitar racionalmente suas propriedades rurais, de forma produtiva e autossustentável.

INSTRUTORES DO EVENTO

·         ANTÔNIO DE ALMEIDA SOBRINHO: Graduado em Engenharia de Pesca (UFC-CE) com Pós Graduação (Lato sensu) pela FAO/UFPE/MARA, em Tecnologia do Pescado; Pós-Graduação (Lato sensu) em Análise Ambiental na Amazônia Brasileira (UNIR/CREA-RO) e Pós-Graduação (Stricto sensu) em nível de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, em piscicultura, através da UNIR.

·         YURI VINICIOS DE ANDRADE LOPES: Graduado em Engenharia de Pesca (UFRPE) com Pós-Graduação (Stricto sensu) em nível de Mestrado em Carcinicultura (UFERSP) Doutorando em Ciências Animal, através da UFERSA. O Prof. Yuri Vinicius é proveniente do estado de Pernambuco e já se tornou um veterano e obstinado defensor e estudioso da espécie camarão do Pacífico (Litopenaeus vannamei) na região.

·         CARLINDO PINTO FILHO:Graduado em Medicina Veterinária e Especialista em Piscicultura. Com atuação de 36 anos de atuação na piscicultura no estado de Rondônia e região, o profissional ganhou notoriedade ao desenvolver a tecnologia do Cultivo Intensivo de Pirarucu em Tanques-lona, em Sistema Integrado Intensivo de Peixe e Atividades Agroflorestais.

·         CLAÚDIO CALEB MONTEIRO: Graduado em Engenharia Agronômica (ESALQ-SP) e Especialista em Biotecnologia, com ênfase em tratamento de efluentes e em recuperação de áreas degradadas. Atua em nível nacional na área de PROBIÓTICOS e na prestação de consultoria técnica, no âmbito da aquicultura (peixe e camarão) com destaques para projetos ambiental e aquícola.

·         AMARILDO PINHEIRO VIRGULINO: Graduado em Ciências Econômicas, com Pós-Graduação (Stricto sensu) em nível de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, através da UNIR. Professor Universitário; Consultor Técnico junto ao Banco da Amazônia S.A – BASA, com vários trabalhos e livros publicados.

Podemos afirmar, com todas as letras, que a piscicultura do estado de Rondônia está necessitando de um choque de tecnologia, tendo início com este evento que estará sendo ministrado, no período de 19 a 24 de setembro do corrente, na cidade de Porto Velho, com iniciativa do CREA-RO e de entidades governamentais e não governamentais, com tecnologia de ponta, que será disponibilizada para ser utilizada em todos os Sistemas Produtivos de pescado, no âmbito da aquicultura, passando, necessariamente pelo Sistema de Produção do Pescado e no futuro Sistema de Produção de Camarão,  capaz de promover a melhoria da qualidade da água, aumento e melhoria da qualidade do pescado produzido e no aumento significativo na produção, através da produtividade — podendo dobrar, triplicar e até quintuplicar a produção de pescado, em nível estadual, sem ser necessário aumentar 1,0 ha de lâmina d’água.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

·         Amplo estudo bibliográfico sobre a espécie de pirarucu (Arapaima gigas, SHINZ, 1822);

·         Amplo estudo sobre SISTEMA DE PRODUÇÃO SOBRE CULTIVO INTENSIVO DA ESPÉCIE PIRARUCU (Arapaima gigas, SHINZ, 1822), EM CONSÓRCIO COM PRODUÇÃO AFGLOFLORESTAIS;

·         Amplo estudo bibliográfico sobre a espécie de tambaqui (Colossoma macropomum, Cuvier, 1818);

·         Sistema de produção para cultivo semi-intensivo de tambaqui em Rondônia;

·         Sistema de produção para cultivo intensivo de tambaqui em Rondônia;

·         Sistema de produção para cultivo semi-intensivo de pirarucu em Rondônia;

·         Sistema de produção para cultivo intensivo de pirarucu em Rondônia;

·         Amplo estudo sobre SISTEMA DE PRODUÇÃO NO CULTIVO INTENSIVO DA ESPÉCIE TAMBAQUI (Colossoma macropomum, Cuvier, 1818) EM TANQUES-REDE;

·         Implementação de PROJETO PRODUTIVO COMUNITÁRIO DE TAMBAQUI (Colossoma macropomum, Cuvier, 1818) EM TANQUES-REDE;

·         Prestação de Assistência Técnica a um PROJETO PRODUTIVO COMUNITÁRIO DE TAMBAQUI (Colossoma macropomum, Cuvier, 1818) EM TANQUES-REDE;

·         Monitoramento ambiental a um PROJETO PRODUTIVO COMUNITÁRIO DE TAMBAQUI (Colossoma macropomum, Cuvier, 1818) EM TANQUES-REDE;

·         Amplo estudo bibliográfico sobre a espécie de camarão do Pacífico (Litopenaeus vannamei).

·         Processo de reprodução e produção de pós-larvas da espécie (Litopenaeus vannamei);

·         Recomendações técnicas para tratamentos de sistema de criação de peixe e camarão em todas as fases, com utilização de PRODUTOS BIOLÓGICOS;

·         Recomendações técnicas para aplicação de PRODUTOS BIOLÓGICOS para reduzir o Fósforo (F) e a Amônia (NH3) no meio aquático;

·         Recomendações técnicas para aumento do Oxigênio Dissolvido (O.D), através da utilização de PRODUTOS BIOLÓGICOS, no meio aquático;

·         Modo de usar os PRODUTOS BIOLÓGICOS durante as aulas práticas;

·         Como fazer o cálculo para utilização de PRODUTOS BIOLÓGICOS recomendados;

·         Sistema de produção para cultivo semi-intensivo de camarão em Rondônia, com uso de PROBIÓTICOS;

·         Sistema de produção para cultivo intensivo de camarão em Rondônia, com uso de PROBIÓTICOS;

·         Recomendações técnicas para aumento da concentração de Oxigênio Dissolvido (O.D), no meio aquático, através da utilização de PRODUTOS BIOLÓGICOS;

·         Modo de usar os PROBIÓTICOS durante as aulas práticas;

·         Instalações laboratoriais para larvicultura da espécie Litopenaeus vannamei.

·          Alimentação de larvas e pós-larvas da espécie Litopenaeus vannamei. Engorda da espécie Litopenaeus vannamei em Rondônia; Estudo de Mercado para o pescado no estado de Rondônia;

·         Subsídios bancários com recursos financeiros do Fundo Constitucional do Norte – FNO, sob a responsabilidade do Banco da Amazônia S.A – BASA;

PROBIÓTICOS:

·         Probióticos, conceito e importância na aquicultura;

·         Tecnologia utilizada, métodos, emprego;

BENEFÍCIOS DIRETOS E INDIRETOS DO PROBIÓTICOS:

DIRETOS:

·         conversão alimentar

·         sanidade dos animais.

·         INDIRETOS:

·         melhoria na qualidade da água;

·         tratamento de sedimento residual;

·         prolongamento da vida útil dos viveiros;

·         economia energética do cultivo

VAGAS LIMITADAS.

Com o objetivo em ampliar o raio de ação da difusão de tecnologia apresentada neste CONVITE ESPECIAL, à coordenação deste evento BOAS PRÁTICAS NO CULTIVO DE PEIXE E CAMARÃO COM USO DE PROBIÓTICOS estará fazendo, a partir desta data, uma PROMOÇÃO ESPECIAL — uma Inscrição gratuita para um acompanhante (filho (a), esposa (o) ou amigo (a) — que melhor represente seu interesse no desenvolvimento da criação de peixe e camarão no estado de Rondônia.

Faças uma boa reflexão e tenhas muito sucesso em seus negócios.

Antônio de Almeida Sobrinho

Coordenador do Evento