Mesmo com a queda na economia, mercados e feiras livres ainda são a melhor opção para o consumidor.