Curiosidades da eleição para prefeitos – por Lúcio Albuquerque

Prefeito
Um nome que vem lá do latim (praefectus) e que, na época da Roma dos Césares, tinha uso para identificar gestor maior de um cargo administrativo, conforme http://www.dicionarioetimologico.com.br/. Mas, atenção: há diferença enorme entre “prefeito” e “perfeito”.

MULTI-USO
Na velha Roma o termo “prefeito” serviu para designar os mais variados cargos administrativos: alguns eletivos, outros nomeados pelo imperador ou pelo Senado. Havia, entre outros, o prefeito dos aquedutos, o prefeito do acampamento militar, o prefeito das festas religiosas, etc.

PADRE
Na história de Porto velho tivemos um prefeito que era religioso, o padre Raimundo de Oliveira, que celebrou a missa de inauguração da capela de Santo Antonio, em 1913, e em 1920 foi o terceiro prefeito eleito de Porto Velho.

FICOU EM SEGUNDO
Carmen Arruda (PSD), ficou em segundo lugar na disputa pela prefeitura de Granja, CE, era a mais velha entre os mais 16 mil candidatos a prefeito pelo país. Carmen tem 90 anos, mas foi derrotada por outra mulher, Amanda do Romeu (PDT), que obteve 65,33%, superando a “vovó” em mais de 32% da votação.

O MAIS VELHO

novo-e-velho
Dos prefeitos eleitos este ano nenhum vai tirar o título de “o mais idoso” eleito. O título vai para Josibias Cavalcanti, da pequena cidade de Catende, sertão pernambucano, eleito pelo PSD, com 7.500 votos.

O MAIS JOVEM
Também no Nordeste foi eleito o mais jovem prefeito do Brasil. Trata-se de Leonardo Jose Caldas Lima (PRB). Com 21 anos, ele se elegeu com 52,44% dos votos válidos para comandar a cidade de Milagres do Maranhão (MA).

UM VOTO
Deyvisonn da Silva de Souza (PMDB) é o prefeito eleito de Pescaria Brava, no Sul de Santa Catarina. Ele venceu o atual prefeito Antonio Avelino Honorato Filho (PSDB) com um voto de diferença. Em 2012 perdeu para seu adversário de agora por 231 votos.
CHUPINGUAIA

prefeita

Dos quatro candidatos a prefeito em Chupinguaia, Cone Sul de Rondônia, três eram mulheres. Ganhou a fisioterapeuta, e já duas vezes vereadora, Drª Sheila (PV) foi eleita com 2.004 votos, o que representou 41,65%.