FOTO: Divulgação

Um morador de Cerejeiras foi levado para a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) de Vilhena, na tarde desta quarta-feira, 27, após uma confusão que aconteceu no trânsito, no Centro da cidade. Além de direção perigosa, ele pode responder por desacato e desobediência.

Segundo a ocorrência, o acompanhamento policial se iniciou na avenida Major Amarante, quando a camionete que o autônomo de 28 anos dirigia fez um malabarismo e fugiu da viatura em alta velocidade. Como o motorista não obedecia a ordem de parada, uma segunda viatura foi acionada para ajudar na perseguição, que se encerrou na avenida Barão do Rio Branco.

Ao parar, foi pedido ao morador de Cerejeiras que ele saísse do carro em que estava, mas, o rapaz se negou a obedecer, e disse que não era bandido e que não estava fazendo nada demais. Ele falou também que só passou no local em que a viatura havia passado antes e que se estivesse errado, a polícia teria cometido um erro, assim com ele. Em seguida, mandou um policial calar a boca, pois o militar “não estava fazendo seu serviço de forma correta”.

Diante da situação, o homem recebeu voz de prisão e foi levado para a Unisp, onde assinou o termo circunstanciado e foi liberado em seguida.

 

FONTE: FOLHA DO SUL