Cláudio Sérgio G.C., de 29 anos, e Jorge Gabriel L.M., de 21 anos, foram presos na tarde desta segunda-feira (26), após perseguição policial em várias ruas da Zona Leste de Porto Velho. A dupla estava em uma motocicleta Honda Biz vermelha de placa NBO 9506, do município de Ministro Andreazza, e quando avistou a viatura começou a fuga, não obedecendo as ordens de parada.

Durante o percurso, Jorge Gabriel, conhecido como Diabo Loiro, tirou da cintura uma arma de fogo, apontando em direção à guarnição. Foram disparados pelos policiais quatro tiros de munição não letal, quando o acusado jogou a arma, sendo constatado pelos policiais que se tratava de um simulacro.

Mais à frente, na Rua Miguel Ângelo, os suspeitos perderam o equilíbrio e caíram da moto, e a polícia conseguiu abordá-los. Moradores da região se aproximaram do local e informaram à PM que estavam acontecendo muitos roubos na área e que os autores tem as mesmas características da dupla.

Cláudio, a princípio identificou-se com nome falso, o que logo foi descoberto pela guarnição. Ele é foragido do sistema prisional. Jorge alegou que a moto havia sido comprada em um leilão, mas também foi identificada com restrição de roubo e que a placa original é NBK 5351, de Guajará-Mirim. Jorge também está em regime de progressão de pena, assinando a condicional mensalmente.