FOTO: (Divulgação)

Depois de ameaçar clientes de um hotel onde estava hospedado, um morador de Rolim de Moura foi preso na noite da quarta-feira, 29, em Vilhena. Ele, que é dono de uma lanchonete na cidade da Zona da Mata e tem 31 anos, estaria na companhia de uma garota de programa e discutiu com outros hospedes por ciúmes. O caso aconteceu na avenida Sabino Bezerra de Queiróz, no bairro Jardim Eldorado.

Segundo o relato do responsável pelo estabeleciomento, uma mulher chamada Fabíola alugou o quarto 302. Mais tarde, um homem que aparentava estar embriagado e com uma mala chegou e disse que ficaria no mesmo quarto que a cliente, o que foi permitido.

Um terceiro hospede, de 34 anos, estaria hospedado no quarto 302 anteriormente e havia mudado para o 307. Mas, ao retornar para o hotel,  errou a porta e tentou abrir o 302. Ao lembrar que havia trocado de apartamento, ele foi em direção ao correto, porém, ao entrar, foi surpreendido pelo homem de Rolim de Moura, que empurrou a porta com o seguinte questionamento: “Tá procurando a minha mulher?”.

O homem de 31 anos tentava intimidar o de 34 com uma arma. Enquanto isso, a vítima tentava justificar que não conhecida Fabíola e conseguiu entrar em seu quarto, fechando a porta em seguida.

Mais tarde, o homem que foi ameaçado procurou os responsáveis pelo hotel e relatou o caso. Diante da situação, a Polícia Militar foi chamada e,  ao abordar o autor das ameaças, encontrou com ele um simulacro de plástico. Ele estava agitado e precisou ser algemado.

Para os policiais, o homem confessou ser de Rolim de Moura e que teria vindo para Vilhena encontrar Fabíola, que é garota de programa, mas, não deu uma razão para estar com o simulacro. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública).

Fonte: Folha do Sul Online