Moisés de Almeida da Silva Lima, acusado de estuprar uma menina de 11 anos, ontem, na região Sul de Palmas, pediu perdão à família pelo crime que cometeu. Ele foi preso na manhã desta quinta-feira (15) pela Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil quando chegava a seu local de trabalho em uma marmoraria. A declaração de Lima foi feita após ser apresentado à Delegacia da Infância e da Juventude.

Ao ser detido, o suspeito teria confessado o crime sem apresentar resistência. A polícia teria chegado a Lima a partir de um retrato falado. Além do abuso contra a menina de 11 anos, ele teria confessado a prática de outro crime semelhante, também ocorrido em Palmas.

Caso

Conforme a menor (SSP), o crime teria acontecido às 9h30 de quarta feira quando a menina foi abordada por Lima que a colocou em um veículo e a levou até a quadra vizinha. Lá ele teria abusado da menina e depois a deixou na Avenida NS 10.

A criança pediu socorro às pessoas que passavam pela avenida. Ela foi levada para a casa da avó e depois para o Hospital e Maternidade Pública Dona Regina, onde recebeu atendimento médico.

monstro