A morte de Marcos Antônio Vilarinho, de 37 anos, foi registrada pela Polícia Militar (PM) na Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Vida (Homicídios) com outra versão da divulgada na quinta-feira (8), dia em que ocorreu o crime. Uesley da Cunha Rodrigues é o suspeito da morte e fugiu logo após o homicídio.

Conforme o boletim de ocorrência, a guarnição seguiu, por determinação do Centro Integrado de Ocorrência Policial (Ciop), para a Rua do Sol, Homem é assassinado após agredir a mulher do homicida o Floresta, Zona Sul de Porto Velho. Ao chegar ao local, havia uma aglomeração de pessoas que mostraram um corpo sobre a calçada, já coberto com lençol, e garantiram que o crime teria ocorrido por volta das 11 horas. Foi constatado que estava sem vida e os policiais acionaram a Delegacia de Homicídios, Polícia Técnica e Instituto Médico Legal (IML).

Ainda segundo relatos no boletim de ocorrência, os policiais conversaram com Patrícia Souza da Silva, esposa de Uesley da Cunha Rodrigues. Ela contou que na manhã de quinta-feira, Marcos Antônio invadiu sua residência e, por motivos de desentendimentos anteriores, a agrediu e também a Uesley.

Em seguida Patrícia foi à casa de uma vizinha, Tainara. Ao ver Patrícia entrando na casa da amiga, Marcos Antônio atravessou a rua e tentou novamente agredi-la, porém foi surpreendido por Uesley que portava uma arma de fogo e atirou várias vezes a queima roupa, acertando-o no tórax e cabeça. Logo em seguida, o suspeito fugiu e Patrícia e Tainara acionaram a PM.

Testemunhas contaram a polícia que Uesley é monitorado por tornozeleira eletrônica, porém a Central de Monitoramento informou que ele a havia cortado por volta das 11 horas. Após os trabalhos da Polícia Técnica, os policiais militares, com autorização do irmão de Marcos Antônio, entraram na residência da vítima e encontraram em cima do balcão da cozinha um invólucro de cocaína oxidada (crack).

Na quinta-feira, outra versão foi apresentada no local dando conta de que Marcos Antônio teria tentado socorrer Patrícia que estava sendo agredida por Uesley.