Homem esfaqueia mulher e filho de 40 dias de nascido e é linchado pela população

Acusado ainda jogou filho de um ano na parede

Adriano Gomes Tavares, 24, foi preso na noite desta sexta-feira (14), após ser espancado por populares que o acusavam de esfaquear a esposa e matar o próprio filho no bairro São José 3, Zona Leste da capital.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 19h15, na casa em que Adriano morava com a mulher e dois filhos pequenos. O casal teria discutido e no meio da confusão Tavares teria arremessado o filho de um ano contra a parede e esfaqueado a mulher, Aline Ferreira Pinheiro, 29 e outro bebê de apenas 40 dias.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Pronto-Socorro João Lúcio. O bebê que ainda nem tinha sido registrado, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade por volta das 22h. Aline e o filho mais velho estão internados, mas o estado de saúde deles não foi divulgado.

Revoltados com o crime, vizinhos e moradores do bairro tentaram linchar Adriano, mas foram interrompidos com a chegada da polícia. Adriano foi preso e encaminhado a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).