O procurador distrital Leon Cannizzaro assegurou uma acusação contra Edwin Rodriguez, de 37 anos, por violação em primeiro grau de um jovem com menos de 13 anos e produção de pornografia infantil envolvendo um jovem com menos de 13 anos.

Um júri da Orleans Parish entregou a acusação em 24 de janeiro em Nova Orleans, cidade na Luisiana, Estados Unidos.

Rodriguez foi preso pelo Gabinete do Xerife da Paróquia de Jefferson em agosto, depois que ele cortou a mão de um menino de 11 anos com uma espada de samurai quando o menino se armou com uma faca para defender sua mãe depois que Rodriguez ameaçou a mulher com a espada.

Uma busca no celular de Rodriguez revelou a pornografia infantil, e a vítima, que às vezes estava sob os cuidados de Rodriguez, disse aos investigadores que Rodriguez a havia estuprado.

A agressão sexual ocorreu em 2017 ou 2018, entre os dias 11 e 12 da vítima, segundo o escritório de Cannizzaro.

Fonte: Mceara