Foto: Corpo de Bombeiros

Um caso de tentativa de feminicídio no centro da cidade de Matupá (680 km de Cuiabá) na tarde dessa terça-feira (4) movimentou equipes das polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros e até caminhões pipas da prefeitura e de empresas privadas. O suspeito teria tentado matar a esposa queimada, colocando fogo nela, na casa onde os dois viviam e no carro. Por fim, o homem ainda tentou se matar.

O caso teve início por volta das 15 horas. A Polícia Militar foi acionada por vizinhos do casal, que informaram que uma casa estava pegando fogo e que o incêndio teria sido provocado pelo próprio morador. Segundo os denunciantes o homem tentava matar a esposa.

Ao se deslocarem para o local do ocorrido, os policiais militares acionaram uma ambulância do Hospital Municipal, o Corpo de Bombeiros de Guarantã do Norte (710 km de Cuiabá) e a Polícia Judiciária Civil.

A princípio, os militares acreditavam que a vítima havia sido atingida por um tiro, antes de o suspeito colocar fogo na casa. Segundo informações da PM, só quando chegaram ao local eles descobriram que o suspeito havia tentado matar a esposa jogando combustível para atear fogo nela, no carro dos dois, um Honda City, e na casa.

Depois de causar o incêndio, o homem ainda teria pegado uma arma e atirado em si próprio. Quando a equipe militar chegou, o suspeito já havia sido socorrido e encaminhado para o Hospital Militar, onde segue internado.

A Polícia Judiciária Civil de Matupá informou que, apesar da violência e do abalo psicológico, a mulher está bem.

Quando os policiais militares chegaram, a residência já estava em chamas. Como os bombeiros vinham de outro município, caminhões pipas da prefeitura, de um posto de combustível e de uma empresa privada auxiliaram na ocorrência e apagaram o fogo.