Um incêndio foi registrado na aldeia indígena Karitiana na tarde da última segunda-feira (9), próximo a Guajará-Mirim (RO). O fogo destruiu uma casa onde moravam seis indígenas. Ainda não se sabe o que provocou o fogo.

Segundo os moradores da região, no momento do incêndio a casa estava vazia e por isso ninguém se feriu. Porém o fogo destruiu todos os móveis e a residência da família.

A comunidade, com baldes de água, ajudou a combater as chamas para que elas não alcançassem outras moradias.

A aldeia central Karitiana fica a 95 km do perímetro urbano de Porto Velho e nela vivem cerca de 320 indígenas.

Seis indígenas moravam na residência que foi destruída pelo fogo na aldeia Karitiana em RO  — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica
Seis indígenas moravam na residência que foi destruída pelo fogo na aldeia Karitiana em RO — Foto: Reprodução/ Rede Amazônica

O número de incêndios entre janeiro e agosto de 2019 é o dobro do mesmo período do ano passado, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Os incêndios são comuns durante o período da seca e podem ocorrer naturalmente. No entanto, especialistas acreditam que a maioria dos incêndios no Brasil neste ano foi causada pela atividade humana – ou seja, agricultores e madeireiros limpando terras para plantio ou pastagem -, já que 2019 não está tão seco em comparação com outros anos.

FONTE: G1