O senador Ivo Cassol (PP-RO) rebateu em discurso nesta quarta-feira (13) reportagem do jornal Diário da Amazônia, de propriedade da família do também senador Acir Gurgacz (PDT, seu inimigo,  que atribuiu a ele a responsabilidade pela falta de água tratada e esgoto em Porto Velho, capital de Rondônia. De acordo com o senador, foi ele quem conseguiu o recurso para as obras, atualmente suspensas por irregularidades apontadas pelo TCU-Tribunal de Contas da União. O responsável pela situação, segundo Cassol, é o ex-governador Confúcio Moura.

– A culpa não é minha. A culpa é do ex-governador Confúcio Moura, que não cumpriu os compromissos que fez. O que o ex-governador tinha que fazer era andar no estado e pedir perdão – disse Cassol, que apontou falta de gestão, de competência e de seriedade do ex-governador.

Sobre as denúncias feitas pelo jornal, Cassol disse ver com tristeza a divulgação de mentiras antes das eleições. O senador também afirmou que são notícias falsas feitas por políticos que dizem representar Rondônia, mas que, em vez disso, fazem um desserviço à população.