JARU: Estudante de 19 anos apanha e é ameaçada por mulher enciumada

aaaUma estudante de 19 anos levou uma surra na manhã de segunda-feira e foi mantida em cárcere privado por duas mulheres que residem na região de Jaru, na zona rural entre Jorge Teixeira e Colina Verde. A vítima é moradora de Ouro Preto do Oeste. Para entrar na casa da jovem, as duas mulheres se identificaram como sendo funcionárias do Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

Segundo a vítima, enquanto uma mulher a agredida, a outra filmava com um celular e dizia que aquelas cenas iam ser publicadas na internet. A vítima diz ainda que a agressora tirou da bolsa um revólver e mas afirmou que não a mataria dessa vez, e que se ela denunciasse o fato à polícia, poderia ser morta a caminho da escola. A agressora também levou com ela o celular da vítima

O motivo das agressões, segundo a denunciante, seria porque ela manteve um relacionamento com o marido da agressora enquanto este trabalhou na Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste, e que ao saber que ele era casado desistiu do romance.

A estudante relatou na delegacia que foi seguida e fotografada durante toda a manhã, inclusive foi fotografada quando estava na delegacia realizando um trabalho escolar.

A jovem disse que soube que havia sido fotografada, porque o marido da mulher enciumada recebeu uma foto sua tirada hoje pela manhã e a alertou. A polícia tem o nome da mulher agressora e do marido dela que é agente penitenciário, e deverá investigar o caso.

RONDONIAGORA