Jovem registra ocorrência contra cliente que não pagou programa sexual em RO

Após a relação sexual, homem correu do local sem pagar. Ele disse aos policiais militares que não tinha dinheiro para quitar a dívida, em Rolim de Moura.

Homem e mulher foram encaminhados à Unisp (Foto: Diêgo Holanda/G1)
Homem e mulher foram encaminhados à Unisp (Foto: Diêgo Holanda/G1)

Uma jovem de 21 anos, que trabalha em um prostíbulo no Bairro São Cristóvão em Rolim de Moura (RO), município a 402 quilômetros de Porto Velho, chamou a Polícia Militar (PM) na terça-feira (4), após um cliente de 30 anos se recusar a pagar um programa sexual.

Após a relação sexual, o homem fugiu do local, mas foi perseguido por uma testemunha que o fez voltar ao estabelecimento. Jovem e cliente foram encaminhados pela PM à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Aos policiais militares, a jovem contou que trabalha como garota de programa e o homem chegou ao local e propôs que fizessem um programa sexual. Para isso, a vítima estipulou um valor, que foi aceito pelo suspeito. No entanto, após a prática sexual, o homem fugiu do local correndo, sem ter pago o valor combinado anteriormente.

Uma testemunha seguiu o suspeito utilizando uma motocicleta e fez com que ele retornasse ao prostíbulo. Questionado pelos militares sobre o motivo de não ter pago a jovem, o homem disse que não tinha dinheiro para quitar a dívida.

Diante da situação, a jovem e o suspeito foram conduzidos à Unisp, onde a ocorrência foi registrada.