Um adolescente de 15 anos, identificado apenas como Felipe, morreu baleado após tentar reagir a um assalto no início da noite desta sexta-feira (7), no Bairro Lagoinha, Zona Leste de Porto Velho. Segundo testemunhas, o garoto trabalhava em um lavador de carros que fica a quase 50 metros de distância do local que foi morto.

Conforme o primo da vítima, Paulo Santos, a vítima não tinha envolvimento com ações criminosas e era um rapaz calmo. “Um menino tranquilo, do bem. Ele era inocente, tinha mania de ser herói”.

De acordo com informações que a polícia militar colheu junto às testemunhas a vítima era funcionário de um lava jato próximo, e estava lavando uma motocicleta, quando dois homens ocupando uma motocicleta de cor escura anunciaram o assalto.

Eles exigiam do rapaz a chave da moto que ele estava lavando, uma Honda Bros 160. A vítima assustada disse que não tinha as chaves e correu, mas foi seguido por quase 100 metros e acabou sendo baleado com um tiro no tórax, em seguida os suspeitos fugiram sem levar nada tomando rumo ignorado.

A Perícia Criminal foi acionada para realizar os exames e encaminhar o corpo para o Instituto Médico Legal (IML). O crime será investigado pela delegacia de homicídios.

08-10-2016-00-14-36-1 08-10-2016-00-14-36 7102016-200944-bg_assasin funcionario-de-lava-jato-nao-entrega-moto-de-cliente-durante-assalto-e-e-morto-a-tiro562x392_58071aicitonp1aui06gtf1dee1d6s6iu1cqb1m5j1 img_0923 img-20161007-wa0293 urgente-homem-e-executado-a-tiros-em-via-publica-da-capital562x392_58071aicitonp1augm0cl5oij1c7q1rib126311d31