Presos torturam mãe e padrasto que espancaram menino

1Josué Moreira de Souza, 29, preso na noite de terça-feira por graves agressões contra o enteado de 4 anos, sofreu nas mãos de presos da Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste, foi bastante agredido na cela e teve que de ser levado ao Hospital Municipal.

A mãe da criança também foi agredida por presas da cela da ala feminina onde ela estava, e teve de ser retirada do local.

Os detentos da Casa de Detenção de Ouro Preto do Oeste tomaram conhecimento do caso na manhã desta quarta-feira e decidiram dar um “corretivo” no padrasto, que sofreu lesões e hematomas no rosto e na cabeça.

Os agentes penitenciários, quando perceberam que os presos estava fazendo a Justiça da cadeia retiraram o preso da cela. Após a surra, o casal foi colocado em celas isoladas.

Na terça-feira o casal assumiu que espancou violentamente a criança porque ela teria derrubado e quebrado um estojo de maquiagem. Causou revolta entre os policiais, o fato de a mãe ter ficado do lado do companheiro, com quem está há pouco mais de cinco meses.

Durante o trajeto de Rondominas para Ouro Preto do Oeste, Josué e Cristiana estavam abraçados na viatura da PM, e a criança foi levada no veículo do Conselho Tutelar.

crianca

2