Mais de 90% dos estados têm menos PMs que o previsto por lei

Somando as deficiências, o défict nacional chega a 170 mil PMs

Uma pesquisa revela que 25 dos 27 estados do Brasil têm menos policiais militares que o exigido por leis estaduais, aponta um levantamento do UOL.

Segundo a reportagem, o único que atinge esse número é o Espírito Santo. O outro estado que fica de fora da regra é o Maranhão. O governo admitiu não existir nenhuma lei que exija esse mínimo.

Somando as deficiências, o défict nacional chega a 170 mil PMs, já que existem cerca de 430 mil policiais nos estados, sendo que o número ideal deveria ser de 600 mil. E a preocupação não para por aí, já que, em 11 deles, essa quantidade vem caindo desde 2012.

O levantamento aponta ainda três estados que não têm nem 50% do efetivo ideal: Goiás (38,9%), Tocantins (46,7%) e Pará (47,9%).