Militar é espancado por 11 homens na casa da namorada, em Guajará Mirim

Vítima teve ferimentos, mas passa bem; ninguém foi preso. Motivo do crime foi ciúmes; ex-marido é suspeito de ser mandante, diz PM.

Um militar do exército, de 21 anos, ficou ferido com hematomas na cabeça e no rosto após ser espancado por 11 homens na madrugada desta terça-feira (14); as agressões aconteceram na residência da namorada do rapaz no Bairro Planalto, em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho.

Segundo a Polícia Militar (PM), o ex-marido da namorada da vítima, participou do espancamento e é suspeito de ser o mandante do crime. Apesar dos ferimentos, o rapaz agredido passa bem.

As informações oficiais do boletim de ocorrência registrado pela PM relatam que uma denúncia anônima informou que um rapaz havia sido espancado por vários suspeitos. No local, o soldado relatou aos policiais que estava na casa da namorada, quando o ex-marido dela chegou acompanhado com dez colegas e começaram a agredi-lo sem motivos aparentes.

Questionada sobre o fato, a jovem alegou que o seu ex-marido não aceita a separação e agrediu o rapaz por ciúmes. Após as agressões, os suspeitos fugiram do local. Diante das informações, a guarnição iniciou buscas na tentativa de localizar e prender os autores do espancamento, mas ninguém foi localizado.

Depois de finalizar as diligências, os policiais registraram o fato na 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil. O G1 tentou contato com o jovem que foi agredido e também com a namorada dele, mas nenhum dos dois foi localizado para falar sobre o assunto.

Até o fechamento desta matéria nenhum dos participantes do crime foram presos. De acordo com a Polícia Civil, o caso está sendo investigado.