Ministro da Industria desembarca hoje em Porto Velho e lança programa

ministro industriaDesembarca nessa sexta-feira (12) no Aeroporto Jorge Teixeira em Porto Velho (RO), o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira. Em visita à Rondônia, ele lança o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) e o Programa Brasil Mais Produtivo. Além disso, ele cumpre agenda com autoridades do estado e a direção da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO).

As ações que ele lançará na capital rondoniense, são voltadas à melhoria dos processos produtivos das empresas, de forma que possam ampliar a entrada das mercadorias da região no comércio internacional.

O Programa Brasil Mais Produtivo é uma ação focada na melhoria do processo produtivo das empresas brasileiras e tem como objetivo aumentar em pelo menos 20% a produtividade das empresas atendidas. Já o PNCE oferece ao setor produtivo ferramentas de capacitação, consultoria, inteligência comercial, para impulsionar a economia brasileira por meio da exportação. As iniciativas serão desenvolvidas até 2018. Após o lançamento e as palestras técnicas, haverá atendimento e cadastramento de empresas em ambas as iniciativas.
No Estado de Rondônia, a partir do critério de priorização de impacto local, foram feitos estudos técnicos que definiram duas aglomerações do setor Moveleiro como focos para as consultorias: “APL de Madeira e Móveis de Ariquemes” e “APL de Madeira e Móveis de Ji-Paraná”.

As empresas receberão capacitação técnica no processo produtivo, de forma que possam obter ganhos expressivos de produtividade, inclusive redução no custo de produção. Serão atendimentos de pelo menos 120 horas, utilizando ferramentas de manufatura enxuta customizada.

Segundo a assessoria de comunicação da autoridade da indústria, Marcos Pereira vai participar de uma coletiva a imprensa antes dos lançamentos.
Antes de desembarcar em Porto Velho, o ministro esteve pela manhã na capital do Acre, Rio Branco. Por lá, cumpriu agenda com parlamentares, membros do setor comercial e também lançou as duas ações voltadas para a área industrial naquele estado.