1

O post de hoje tem o objetivo de ajudar quem está querendo embarcar em uma aventura e desbravar terras internacionais por algum tempo. Muita, muita, muita (MUITA) gente me pergunta o que levar na mala e por isso eu tentei fazer uma lista dos itens mais comuns para ajudar. É importante lembrar que essa organização começa bem antes do “arrumar as malas”. Então antes de tudo, é importante checar algumas coisas:

• Congelar ou suspender serviços como: plano de saúde, telefone, cartões, contas no seu nome, etc. Uma vez que você está fora do país, fica muito difícil resolver qualquer problema que aconteça por lá.
• Solicitar a PID (Permissão Internacional para Dirigir) no DETRAN. (Caso você dirija)
• Solicitar as receitas de remédios. (Principalmente no caso de remédios controlados. Se você anexar a receita traduzida, melhor ainda).
• Fazer tradução juramentada de diplomas e certificados. (Caso você pretenda usar esses documentos).
• Fazer uma procuração* (em cartório) sua para alguém (de extrema confiança) para se por ventura ocorra algum problema, a pessoa possa resolver esse problema pra você.

*Não é algo obrigatório, mas resolvi colocar na lista porque já passei por essa experiência e mesmo meu pai sendo meu pai ele não pode resolver tudo sem uma procuração minha.

Documentos Importantes para se ter em mãos (por questão de segurança e para resolver contratempos na imigração da forma mais rápida):

2

• Passaporte.
• Identidade + CPF.
• CNH + PID (Permissão Internacional para Dirigir)
• Seguro Saúde Governamental ou Privado.
• Comprovante de Passagens Ida/Volta.
• Comprovante de Acomodação – Hotel, Hostel, Carta de um amigo onde você vai ficar (com endereço e telefone).
• Diplomas e Certificados com traduções juramentadas (caso você tenha optado por levá-los).

Essa lista depende muito de para onde você está indo e com que propósito, é bom estar sempre alerta ao que o país de destino exige.


juliana-rochaJuliana
é brasileira, mas mora desde 2013 na Irlanda. Blogger, escritora, professora e gerente de mídias sociais. Juliana é dona dos blogs Quase Gringa (em português), Postcards from Juh (em inglês) e mantém updates constantes de suas viagens através do instagram @talktojuh.