Murilo Rosa é investigado por venda de ingressos falsos na Olimpíada

muriloLotada de famosos, a final do futebol Olímpico entre Brasil e Alemanha rendeu o esperado ouro para seleção, mas também rendeu dor cabeça ao galã Murilo Rosa.

Um advogado acusa o ator Murilo Rosa de ter vendido dois ingressos falsos para a final do futebol masculino da Olimpíada, nos sábado (20), no Maracanã.

Segundo o homem, o ator cobrou R$ 1,5 mil por dois bilhetes para o jogo. Cada ingresso tinha impresso o valor de R$ 700. Após comprar os bilhetes do ator, o advogado e seu filho, de 12 anos, foram barrados na porta do estádio.

À um jornal carioca, Murilo Rosa afirmou que comprou os ingressos de um desconhecido, não sabia que as entradas eram falsas e garantiu que também foi enganado. O caso foi registrado na 18ª DP (Praça da Bandeira) e o ator pode responder processo por estelionato.

Na delegacia, a informação dada ao blog é que o caso está sendo apurado. Murilo Rosa deve ser ouvido pela polícia, que vai decidir se leva o inquérito adiante. Se for condenado, o ator pode pegar até dois anos e oito meses de reclusão.

Murilo e sua mulher, a top model Fernanda Tavares, foram convidados para assistir a partida com ingressos vip, por isso resolveram vender os que haviam comprado.

Procurada, a assessoria do ator não se manifestou até então.

R7