Na Zona Norte, foragido é preso após atear fogo na casa com os pais e parentes de dentro

O foragido Cleiton Feitosa de Freitas Monteiro, de 30 anos, foi preso no início da noite de quinta-feira (14) após agredir a esposa e ainda incendiar a casa dos pais com os próprios parentes dentro. O caso ocorreu na Rua Nunes Machado, Bairro Costa e Silva, região Norte de Porto Velho.

De acordo com a polícia, no mesmo dia, os policiais já haviam recebido uma denúncia dos familiares, informando que Cleiton estava foragido e estava ameaçando a esposa com um facão. Quando os policiais foram até o local, ele há não estava mais.

Horas depois, outra denúncia. Desta vez, informando que Cleiton teria ateado fogo na casa dos pais com os parentes dentro. O incêndio foi controlado por vizinhos que retiraram as vítimas sem nenhuma lesão.

Várias buscas foram feitas pelo bairro e uma nova denúncia dava informou que ele estava na casa da esposa e fazendo novas ameaças de morte. No local, a mulher apontou onde o marido estava, foi feito o cerco e Cleiton foi preso. Ele confessou ter tentado matar os familiares, porque eles o denunciaram à polícia.

A esposa dele disse que ele é muito ciumento e por esse motivo as brigas começaram. Antes de tentar contra a vida dos parentes, ele já havia lhe agredido com socos e chutes e teria se armado com um facão, a todo instante a ameaçando de matá-la. O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para Central de Flagrantes onde deve ficar à disposição da justiça.