NOTA À IMPRENSA

O Ministério Público de Rondônia, Promotoria de Justiça de Alta Floresta d’Oeste, vem esclarecer os fatos ocorridos na manhã do domingo, dia 27 de janeiro de 2019, em relação aos danos materiais causados ao prédio da instituição.

Consta que uma cidadã do município, em um momento de descontrole emocional, dirigiu-se até o prédio do Ministério Público e causou dano ao patrimônio público ao quebrar as janelas e a porta da frente da instituição, momento em que foi abordada pela Polícia Militar e conduzida ao Hospital Municipal e, após, à Delegacia de Polícia.

De acordo com informações colhidas pela Promotoria, tramita junto ao Poder Judiciário de Alta Floresta d’Oeste/RO, ação cível movida pela referida cidadã devidamente representada pela Defensoria Pública do Estado de Rondônia em desfavor do Estado de Rondônia e do Instituto de Previdência do Estado de Rondônia (IPERON), na qual pleiteia pela condenação daqueles requeridos ao pagamento de auxílio-doença, dentre outros pedidos, matéria esta não afeta à atividade-fim do Ministério Público, por tratar-se de interesse particular, ressaltando que não houve omissão por parte da Instituição que pudesse justificar atitude da cidadã, no último domingo.

Deixa-se registrado o agradecimento ao Comando da Polícia Militar de Alta Floresta d’Oeste/RO, à Delegacia de Polícia local, além de Membros e servidores do Ministério Público pelo apoio dispensado durante a ocorrência.

Fonte: Assessoria