A Polícia Federal em Minas Gerais cumpriu, na manhã desta sexta-feira (21), dois mandados de busca e apreensão no escritório e em uma empresa de Zanone Manuel de Oliveira Júnior, advogado responsável pela defesa de Adélio Bispo, o agressor confesso do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

O objetivo da operação é investigar quem estaria financiando a defesa de Adélio Bispo.

A reportagem do R7 procurou com Zanone Manuel de Oliveira Junior, mas não obteve contato.

Fonte: R7