Palocci diz que entregou pacotes com dinheiro a Lula

Ex-ministro contou ao Ministério Público Federal que entregou valores entre R$ 30 mil e R$ 50 mil em pelo menos cinco ocasiões

O ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci afirmou ao Ministério Público Federal que entregou dinheiro em pacotes com R$ 30 mil, R$ 40 mil e R$ 50 mil ao ex-presidente Lula em pelo menos cinco ocasiões – segundo informação da revista Veja.

O relato está nos anexos do acordo, que traz que tipo de informações ele pretende passar ao Ministério Público Federal caso a delação premiada seja acertada. De acordo com Palocci, o dinheiro seria usado para custear despesas pessoais do ex-presidente.

Os valores mais elevados eram repassados ao Instituto Lula por Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci. O dinheiro referia-se a propina para o PT vinda da empreiteira Odebrecht e consta da planilha “Programa Especial Italiano”. Esse era o codinome de Palocci.

A defesa de Lula divulgou nota negando as acusações do ex-aliado. “Palocci mente para obter benefícios judiciais, que envolvem não só a sua liberdade como o desbloqueio do seu patrimônio”, diz a nota.