PARÁ: Conselho de Ética arquiva processos contra deputado Wladimir Costa em Brasília

O Conselho de Ética da Câmara Federal arquivou nesta terça-feira (5) dois processos contra o deputado Wladimir Costa, do Solidariedade do Pará.

Um deles foi aberto a pedido do PT para apurar a conduta do deputado acusado de divulgar fotos íntimas de uma filha da deputada Maria do Rosário, do Rio Grande do Sul.

No outro processo, Wladimir foi acusado pelo PSB de assediar sexualmente uma jornalista. Wladimir Costa sempre negou as acusações.

Os dois processos foram arquivados por maioria dos votos.