Um comprador de gados de 43 anos, Divino Rosa Tristão, foi morto a tiros na noite de segunda-feira (19), enquanto trafegava com a sua caminhonete modelo Pajero pela Avenida Rondônia, no Setor 3 de Monte Negro, região do Vale do Jamari rondoniense.

De acordo com a polícia, duas pessoas em uma motocicleta começaram a persegui-lo pela via, o pecuarista entrou na contramão para tentar despistar os suspeitos, mas não obteve resultado. Os criminosos então atiraram várias vezes contra o veículo vindo a atingir a vítima que perdeu o controle da direção e acabou invadindo um terreno baldio e só parou na rua Justino Luiz Ronconi, em frente a uma antiga marcenaria.

Os assassinos ainda realizam outros tiros a queima roupa no comprador de gado e fugiram em seguida. A vítima ainda foi levada ao Hospital Municipal Irmã Dulce com sinais vitais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Conforme o hospital, foram mais de oito perfurações e projeteis estariam alojados no corpo. Vários tiros atingiram a lataria, vidros e interior da caminhonete. Cápsulas de pistola calibre .380 já deflagradas foram encontradas próximo e dentro do veículo.

Testemunhas relataram que o pecuarista e comprador de gado, com residência urbana na cidade Ariquemes, comprou há pouco tempo uma grande propriedade rural, próximo a região de conflitos agrários de Monte Negro. O crime será investigado pela Delegacia da Polícia Civil em Ariquemes.