Pedófilo que usava WhatsApp para seduzir crianças tem Aids

pedófiloFernando Ferreira, de 54 anos, suspeito de abusar sexualmente de diversas crianças em Santos, no litoral de São Paulo, é portador do vírus HIV, de acordo com a Polícia Civil. O homem foi preso na última sexta-feira (12) e uma das vítimas identificadas passará por exames para checar se foi infectada pelo vírus.

A Polícia chegou ao suspeito graças a uma denúncia anônima. Depois de a Justiça emitir mandados de prisão e busca e apreensão contra Fernando, ele foi preso e confessou os crimes à polícia.

Nesta quarta (17), possíveis vítimas foram até a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde o caso é investigado, para realizar o reconhecimento do suspeito. Assim que foi preso, familiares de Fernando procuraram a polícia para entregar seu coquetel de remédios contra o vírus da Aids.

O homem foi encaminhado ao 5º Distrito Policial de Santos e está à disposição da Justiça. Ele cumprirá prisão temporária de 30 dias, que pode ser renovada por mais 30 dias.

Conforme o chefe responsável pelas investigações, Rodrigo Lima, o suspeito atraía as crianças com jogos de computador e brinquedos, também apreendidos.

Fernando tirava fotos das vítimas na rua, sem que elas percebessem que estavam sendo fotografadas. Em um dos computadores, a polícia encontrou diversas imagens desse tipo.

O suspeito, que morava em São Paulo, se mudou para Santos para trabalhar em um prédio e foi nesse local que conheceu uma das vítimas.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, Fernando foi condenado a 6 anos pela Justiça, em 1994, também pelo crime de pedofilia. Ele confirma que ficou preso em regime fechado durante cerca de dois anos.

Noticiasaominuto