FOTO: Divulgação

Nesta quinta-feira, dia 13, durante trabalho em conjunto entre a Polícia Militar e  a Polícia Civil de Cacoal, quatro indivúduos, entre eles um foragido de Ji-Paraná considerado de altíssima periculosidade, foram presos com um verdadeiro arsenal dentro de casa. A prisão da quadrilha aconteceu por volta das 12h00, na Rua Pioneiros, no bairro Floresta.

De acordo com a Polícia, a Central de Operações da PM (190), recebeu uma ligação anônima informando que vários suspeitos estavam frequentando aquele local. Diante da denúncia, Policiais Militares do Serviço Reservado do 4º BPM e Policiais Civis, começaram a monitorar a residência e ao constatar a veracidade da denúncia, o delegado de polícia solicitou, junto ao Judiciário, um Mandado de Busca e Apreensão, o qual foi prontamente atendido pela magistrada de plantão.

Com o apoio de duas Guarnições do PATAMO, o local foi cercado e as pessoas que estavam em seu interior foram abordados. Eles foram identificados como sendo: Katia Maria da Silva Nascimento, Maycon Anderson da Silva Nascimento, Wellington Mairink e Maurício Souza Genovêz, perigoso fugitivo da justiça que vinha praticando vários homicídios em Ji-Paraná, Cacoal e Região.

Maurício Genovêz estava cumprindo pena no regime fechado do Presídio Agenor Martins de Carvalho por vários crimes e logo no primeiro dia que foi para o Regime Semiaberto, conseguiu fugir.

Com a quadrilha, os Policiais localizaram duas pistolas calibre .40, uma pistola 9mm, farta munições do mesmo calibre, uma certa quantia em dinheiro e algemas.

Com esta prisão, a Polícia de Cacoal coloca um ponto final nas ações criminosas desta quadrilha que vinha realizando um verdadeiro terrorismo em todo o interior do Estado, com roubos e pistolagens.

 

FONTE: Comando 190