Além do indígena, mais cinco pessoas foram detidas na operação/Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), realizou nesta sexta-feira, 7, operação de fiscalização na Terra Indígena Igarapé Lourdes.

A incursão buscava averiguar o desmatamento e exploração ilegal da madeira na região, bem como identificar os envolvidos com os crimes ambientais.

A PF informa que, ao chegar ao local, surpreendeu 5 homens em flagrante, ao lado de um trator e na posse de 5 motosserras empregados no desmatamento.

A empreitada criminosa, conforme o apurado, somente se fez possível graças à participação de indígenas da região.

Dentre os conduzidos presos à Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná, encontra-se, inclusive, um indígena, cujo trabalho, além de cortar a madeira junto com os demais, consistia em apontar onde estariam as melhores árvores.

Os detidos responderão pelo crime de extração ilegal de madeira dentre outros e encontram-se na sede da Polícia Federal em Ji-Paraná aguardando a finalização dos procedimentos legais, após isso, serão encaminhados ao presídio local onde permanecerão a disposição da justiça.

 

FONTE: EXTRA DE RONDÔNIA