Pimentel ameaça desistir da campanha e PMDB busca acerto com Léo Moraes

pimentelUma reviravolta no quadro sucessório ocorreu na manhã desta sexta-feira (5), em Porto Velho. Preocupado com as rebeliões do PRB e DEM e a falta de apoio incisivo do pessoal do alto escalão do governo, o ex-secretário Williames Pimentel ameaçou renunciar a candidatura de prefeito pelo PMDB.

Os principais líderes do partido já buscam entendimento com o candidato do PTB, Léo Moraes, assegurando a indicação do vice, o que já causou problemas internos para o petebista. O PP, que indicou o médico Amado Rahal, não gostou das conversações e manteve firme a escolha do progressista.

O presidente da municipal do PMDB, Leandro Low, negou as conversações, mas admitiu que está complicado segurar o Democratas por causa das pressões dos adversários políticos. “O DEM continua conosco, mas há pressão que não estamos sabendo identificar”, disse Leandro. Pimentel não foi encontrado para falar sobre o assunto. Hoje ele foi visto na sede do PMDB cabisbaixo depois de perder a primeira na Justiça Eleitoral sobre sua prisão efetuada pela Polícia Federal.

RONDONIAGORA