FOTO: (Divulgação)

Após denúncia de que uma residência no bairro Cristo Rei em Vilhena estaria sendo usada para o comércio de drogas, e que no local havia grande movimentação de pessoas, o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar conduziu a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) prendeu, na noite de quinta-feira, 11, quatro pessoas suspeitas de tráfico de entorpecentes.

Quando chegou ao endereço citado, a polícia viu três homens e uma mulher parados em frente ao portão, e eles tentaram se desfazer de algo ao ver a viatura se aproximar. A guarnição fez a abordagem e encontrou com um deles um invólucro de maconha e outro de pasta base, além de R$ 81,00.  Com os outros dois homens os policiais também encontraram pasta base, e com a mulher, maconha.

Dentro da casa os policiais havia pequenas porções do último entorpecente citado, enquanto 227 gramas estavam enterradas no quintal. Foi encontrada uma balança de precisão, e dois celulares.

Todos os envolvidos, a droga e os aparelhos foram apresentados à delegacia.

 

FONTE: Folha do Sul