Polícia procura motorista que fugiu após atropelar vinte no Sambódromo

Os investigadores querem saber a identidade do condutor inicial, já que um mecânico da escola conduziu o veículo pelo Sambódromo após o acidente

A Polícia Civil está a procura do motorista do último carro alegórico da Paraíso do Tuiuti, que atropelou pelo menos 20 pessoas, três em estado greve, na abertura do Grupo Especial, no fim da noite de domingo (26).

Os investigadores querem saber a identidade do condutor inicial, já que um mecânico da escola conduziu o veículo pelo Sambódromo após o acidente.

“Só não sabemos em que momento houve a troca”, diz um investigador, que irá solicitar imagens de tevê e do circuido de monitoramento da avenida.

Segundo informações da Veja, policiais militares que estavam próximo ao local não conseguiram impedir a fuga do condutor.

De acordo com a publicação, a perícia inicial, de acordo com o delegado da 6ª DP (Cidade Nova), William Bezerra, não apresentou defeito mecânico. Porém, nesta segunda, uma nova perícia será realizada para confirmar se não houve algum problema no veículo.