Na madrugada desta quinta-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou, no Km 514 da BR-364, em Ariquemes/RO, uma motocicleta Honda CG Titan, de cor vermelha, que era conduzida por um homem, de 44 anos, e tinha como passageiro um menor, de 16 anos.

Ao proceder à fiscalização, a equipe da PRF percebeu a condição de embriaguez do condutor, sendo, então, submetido ao exame de alcoolemia, o qual constatou o teor de 0.76 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Em virtude da ausência de documento do motociclista e da presença do menor, a equipe diligenciou até o endereço residencial do primeiro. Durante os procedimentos, foi verificado extremo nervosismo por parte do menor, o qual alegou estar sendo vítima de sequestro e ameaças por parte do condutor desde a última segunda-feira.

Já na residência do indivíduo, sua genitora autorizou a entrada dos policiais, que localizaram uma tornozeleira eletrônica cortada, sendo confirmado pelo homem que a utilizava em virtude de um crime de porte ilegal de arma de fogo, mas que resolveu cortá-la.

Em contato com familiares do menor, foi ratificado seu desaparecimento desde a última segunda-feira, quando havia saído de casa para vender castanhas.

Na Unidade Operacional (UOP) da PRF em Ariquemes, foi feito contato telefônico com o Conselho Tutelar, para que acompanhasse a lavratura do Boletim de Ocorrência Policial, ficando a Conselheira com a custódia do menor.

Em virtude dos fatos, o indivíduo foi preso em flagrante pelos crimes de sequestro e cárcere privado (art. 148 do Código Penal), embriaguez ao volante (art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro), ameaça (art. 147 do Código Penal) e dano ao patrimônio público (art. 163, III, do Código Penal), sendo encaminhado à Polícia Civil de Ariquemes.

Fonte: Assessoria