RAIMUNDO DE ALMEIDA QUEIROZ

RAIMUNDO DE ALMEIDA QUEIROZNome civil: RAIMUNDO DE ALMEIDA QUEIROZ
Nome Político: RAIMUNDO QUEIROZ
Partido: Partido Social Democrata Cristão – PSDC
Cargo: Pré-Candidato a Vereador
Município: Porto Velho-RO

 BIOGRAFIA

Raimundo de Almeida Queiroz nasceu no município de nova Aripuanã – MT, em 16 de janeiro de 1958, de família humilde e muito trabalhadora aprendeu desde cedo à importância da lida na vida do ser humano; filho de Ataíde Queiroz de Melo, Raimundo é o primogênito entre seus 8 (oito) irmãos, cursou o ensino secundário na E.E.Prof. Salomão Silva, interrompendo os estudos na 8ª série. Aos 7 (anos) para ajudar no escapou diversas vezes de ser devorado por onças, além de ataques de índios comuns na década de 60; a família Queiroz conheceu o jagunço Reverias, no qual passaram a trabalhar juntos para sobreviver, Raimundo praticamente não teve infância, devido ter assumido aos 12 (anos) a responsabilidade de cuidar de sua mãe, dona Etelvina Jales de Almeida Queiroz. Devido a separação dos seus pais, o Sr. Ataíde teve o convite de ir trabalhar com um amigo, na extração de castanha para vender em Manaus, passados 1 (ano), ele teve a oportunidade de trabalhar em uma mina de cassiterita, no rio madeirinha no Mato Grosso; setor São Francisco, aos 18 anos Raimundo alista-se no serviço militar obrigatório do exército, onde permanece por 1 (ano) e seis meses como Soldado, na vida amorosa, Raimundo contraiu matrimônio 3 vezes, desses relacionamentos foram gerados nove filhos, tendo um vindo a falecer, como pai dedicado, Raimundo cuida sozinho da caçula Rafaela que recentemente deu a luz a uma bela menina, tendo agora Raimundo sua primeira neta.

PROFISSÃO

Influenciado pelo pai, Raimundo acabou indo trabalhar como ajudante de mecânico na mesma mina que o pai trabalhara, com 3 (meses) passou a ser bombeiro, onde tinha a missão de abastecer toda a vila de mineração, composta por 45 casas; em 1(ano) passou a ser ajudante de soldador, como 8 (meses) e 25 dias foi classificado com soldador 1, e com 1 (ano) foi promovido a soldador 2 (dois); com dois anos foi promovido a soldador 3 (três), a partir dai Raimundo passou a ser encarregado chefiando aproximadamente 24 soldadores, fazendo manutenção nas plantas móveis que retiravam cassiterita; foram 25 (anos) de 1973 a 1998 de dedicação a essa mineradora; tudo que aprendeu, Raimundo agradece a  empresa.  Em 1972 de férias resolveu ir conhecer a lendária Porto Velho tentar a sorte juntamente com seus irmãos e sua mãe, as férias acabaram sendo interrompidas devido o ciclo do ouro, Raimundo acabou se aventurando nas traiçoeiras águas turvas do Rio Madeira, e conseguindo extrair uma grande quantidade de ouro nos seus 30 (dias) de férias; passado um mês, Raimundo retorna a Manaus, e se desliga da empresa, se erradicando definitivamente no estado de Rondônia, antes mora um período no município de Nova Mamoré, onde arrenda um Hotel, no qual sua mãe o administrou.

VIDA POLÍTICA

A partir dai Raimundo Queiroz, descobriu o gosto pela política até então desconhecido para ele, fixando-se definitivamente em Porto Velho, se filia em 1987 na Associação de Moradores do Bairro Areal da Floresta, zona sul da capital Rondoniense, em 2005 surge à oportunidade de assumir um mandato tampão como presidente da Associação Comunitária, vendo o descaso e o abandono da comunidade, Queiroz cada vez mais se engaja na resolução dos problemas de sua comunidade, o líder comunitário definitivamente já tinha sido picado pelo mosquito azul da política e nem havia se dado conta; passados os 2 (anos) do mandato temporário, depois de reorganizar a entidade, estruturá-la e equilibrar as finanças, Raimundo parte para sua primeira experiência eleitoral, apresentando sua chapa e concorrendo no pleito da Associação em fins de 2007, sagra-se vencedor para um mandato de 4 (anos), sendo reeleito em 2011 com mais de 72,5% de aprovação, encerrando seu mandato no fim de 2015, durante esses quase 3 (três) mandatos a frente da Associação, pode-se enumerar diversos benefícios e progressos que o bairro areal teve durante sua gestão, das muitas conquistas alcançadas através do bom relacionamento e articulação com o poder público; podemos destacar na sua administração: a construção do posto de saúde, a Unidade Integrada de Segurança Pública – UNISP, a ligação da rua açaí com a jatuarana, através da limpeza, drenagem e canalização e por fim asfaltamento da rua, ampliação do período de atendimento do posto de saúde municipal, de meio período que passou a integral, a relativa melhora do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jesus Bulamarque,  a regularização fundiária de 679 casas do bairro areal, no qual cada morador foi contemplado com a escritura pública definitiva, emitida pela Prefeitura de Porto Velho em 2010, em 2005 o bairro floresta, possuía apenas 9 (nove) ruas asfaltadas, hoje conta com 18 (dezoito) ruas, drenadas, Com sarjetas, boca de lobo e meio-fio, através do bom relacionamento e prestígio adquirido com seu trabalho, Raimundinho como ficou carinhosamente conhecido pela comunidade, conseguiu incluir diversas ruas do bairro para serem asfaltadas, por meio do anúncio dos 150 km de asfalto, realizados pelo Departamento de Estradas e Rodagens – DER, a pedido e autorizado de pronto, por sua excelência o senhor Dr. Confúcio Aires Moura, Governador do Estado de Rondônia, no ano de 2013, além de diversos cursos oferecidos pela Associação em parceria com o SENAC tais como: corte e costura, pintura, informática etc. outra demanda muito solicitada pela comunidade foi à iluminação pública, que vinha sendo descontada nos talões de luzes religiosamente toda fim de Mês, mais que não existiam nos postes, por meio da Empresa de Desenvolvimento Urbano – EMDUR, autarquia de responsabilidade da prefeitura municipal, através de diversos ofícios e clamores, foi finalmente atendido com a colocação de novas lâmpadas e reparos na rede; em 2012 atendendo um convite do partido verde – PV entra na peleja por uma cadeira no parlamento municipal, obtendo pouco mais de 600 votos, com uma campanha modesta e sem recursos, Raimundo contou com apoio apenas de sua filha Rafaela e dona Madalena que o ajudava na associação; a campanha foi realizada de bicicleta e muitas vezes a pé; novamente atendendo um apelo da comunidade Raimundo coloca seu nome à disposição dessa vez pelo PSDC nas convenções do próximo 05 de agosto. Como pré-candidato Raimundo está ganhando vários adeptos e simpatizantes como: líderes estudantis, sindicais, empresários entre outros que estão se unindo a esse projeto devido sua estória.  Uma verdadeira liderança política, não necessita estar exercendo um mandato eletivo para buscar e lutar por melhorias para sua comunidade e sua cidade, mais sim de vontade e capacidade em solucionar os problemas do dia-a-dia da população, através desse breve relato da vida do senhor Raimundo Almeida Queiroz, podemos conhecer sua saga e sua luta, por uma vida melhor e uma cidade melhor, acredito que com esse trabalho realizado e sua experiência adquirida, o senhor Raimundo Queiroz tem todas as condições morais, éticas e administravas de nos representar na Câmara Municipal de Vereadores de Porto Velho, do próximo ano, o país vive um momento de mudança em todos os níveis e esferas políticas, devido altos índices alarmantes de corrupção; não se abstenha do processo eleitoral exercendo papel coadjuvante, mais seja protagonista da mudança e ajude nossa cidade a voltar trilhar os caminhos do progresso.