Rede Amazônica realiza debate do 2° turno entre candidatos de Porto Velho

Debate entre Dr Hildon e Léo será na sexta-feira (28) após a novela. Programa terá três blocos e será mediado por André Luiz Azevedo.

debate_1A Rede Amazônica Rondônia realiza na noite de sexta-feira (28) o último debate entre os dois candidatos à prefeitura de Porto Velho: Dr Hildon Chaves (PSDB) e Léo Moraes (PTB). O programa, que terá apresentação do jornalista André Luiz Azevedo, vai ao ar logo após a novela “A Lei do Amor”, da Rede Globo. Todo o debate será transmitido ao vivo também pelo G1.

Na noite desta quinta-feira (27), os representantes dos partidos participaram de uma reunião na Rede Amazônica para verificar os locais de camarins e conferir a ordem dos candidatos nas tribunas do estúdio, ordem definida por meio de sorteio realizado anteriormente e das perguntas.

O debate será mediado pelo jornalista André Luiz Azevedo, que trabalha há mais de 30 anos na Rede Globo e foi correspondente da emissora em Portugal, além de ser um dos principais repórteres da Editoria Rio.

Formato do debate
O debate terá três blocos e as perguntas feitas de candidato para candidato. O mediador apenas conduzirá o debate de acordo com as regras estabelecidas.
1º bloco: perguntas com tema livre
2º bloco: perguntas com tema determinado
3º bloco: perguntas com tema livre + considerações finais

Regras
O candidato que vai fazer a primeira pergunta será conhecido no primeiro bloco do debate, quando será feito um sorteio ao vivo pelo mediado.

Na segunda, terceira e quarta perguntas do bloco, a ordem dos candidatos irá se alternando. O candidato A terá 30 segundos para fazer a pergunta e o candidato B um minuto e meio para responde-la. Na sequência o candidato A terá réplica de 1 minuto e o candidato B mais 45 segundos para a tréplica.

Em cada bloco, cada candidato fará duas perguntas e responderá a outras duas.

Direito de resposta
Haverá direito de resposta caso algum candidato citar um adversário de modo ofensivo, para isso, no momento em que houver a ofensa, o que for ofendido deve levantar a mão em silêncio. Este sinal indicará que ele está solicitando o direito de resposta. Caberá ao mediador conceber ou não o direito. Se concebido, a produção concederá 1 minuto para que ele responda as ofensas.

O direito de resposta se limita a ofensas no campo moral e não a avaliações negativas sobre propostas de governo ou desempenho administrativo.

Recursos de acessibilidade
Durante todo o debate a Rede Amazônica Rondônia terá tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), audiodescrição e legenda.

O telespectador que precisar dos recursos terá que habilitar as funções de legenda e audiodescrição com o controle remoto.