RONDÔNIA: Preso beneficiado para fazer limpeza de rua corta tornozeleira e foge

Apenado estava limpando ruas de Cacoal através de projeto de reinserção. Homem é acusado de homicídio e assalto a mão armada, segundo direção.

Um preso acusado de homicídio e assalto a mão armada, que havia sido beneficiado para trabalhar na limpeza de ruas, fugiu após cortar a tornozeleira eletrônica em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho. O projeto de reinserção social está sendo realizado na cidade após parceria entre poder judiciário e prefeitura.

De acordo com a direção do albergue do município, Robson dos Santos Carmo cumpria pena no regime semiaberto e era um dos beneficiados pelo projeto de reinserção social, oriundo de um convênio assinado entre poder executivo e o poder judiciário, onde apenados do regime semiaberto exercem a função de limpeza de ruas e jardins de Cacoal.

O detento, que era monitorado por tornozeleira eletrônica, cortou o equipamento na tarde da última terça-feira (21) e passou a ser considerado foragido da Justiça.

Robson foi condenado a 53 anos de prisão pelos crimes de homicídio e assalto a mão armada. Ele já havia cumprido 17 anos de pena e agora estava no regime semiaberto.

Ainda de acordo com a direção do albergue, o fugitivo vinha cumprindo as regras do regime, sendo beneficiado no fim do ano passado com a saída temporária e retornou no prazo previsto.

Assim que for recapturado ele deve ter a pena regredida. Quem tiver alguma informação pode ligar no número 190, da Polícia Militar.